Blog Vitrine Mulher
Blog 23/09/2012Categoria(s):   Comportamento e reflexões  

A difícil arte de desligar e relaxar

A difícil arte de desligar e relaxar

Hoje tive o grato privilegio de estar num local literalmente paradisíaco depois de 12 dias ininterruptos de trabalho com duas produções de eventos onde foi exigida total dedicação tanto da minha parte como da equipe e merecidamente optei em ficar de pernas para cima para relaxar e aproveitar um pouco estes presentes raros que ganhamos.

Mas o que vem na seqüência necessariamente não é a mente vazia, livre e sem pensar. Desacelerar é difícil e me pergunto em que momento o homem contemporâneo perdeu a chave e senha do “off”. Pretensiosamente generalizo porque este tema às vezes tem sido mote das conversas e dificuldades de alguns. Não conseguimos desligar, relaxar. Estamos sempre antenados, ligados, a espera de algo para tomar alguma decisão, planejar, executar, definir. Ë o telefone que toca sem parar, os e-mails que chegam, a permanente conexão com as redes sócias e nessa maré vamos sendo arrastados e acorrentados, presos a uma necessidade criada e antagônica a vontade de viver nosso momento “Monange”.

Lembro quando pequena meu pai voltava no final da tarde para casa e a recomendação da minha mãe era: não levem problemas para seu pai, deixem ele chegar, tomar o banho, jantar e só depois conversem o que tiverem que conversar e assim também ela se comportava. Tinha a hora certa para dizer as coisas. O que estava nas entrelinhas: primeiro respeito ao tempo do outro, depois esperar o ser humano se desligar do trabalho para entrar na seara familiar e doméstica. Agora me digam onde hoje isto é possível? No modelo familiar de hoje chegamos as nossas casas e o celular continua tocando com as consultas do chefe ou clientes que não podem esperar para a nova jornada do outro dia para pedir, expor ou exigir nosso atendimento. O notebook ou tabletes ligados onde respondemos em tempo real as demandas, pois caso não o façamos nosso emprego ou cliente conquistado migra para outro disponível.

E nessa corrente vamos nos debatendo, como eu hoje, ao conversar com uma amiga pelo celular e olhando para um mar de arrasar coração, sensibilizar qualquer ser humano normal, tenho uma idéia para um novo projeto e tive que dar um grito em mim e diz: Oh querida, dá para desligar um pouco e curtir este sol e mar que está a sua frente? Como desculpa respondi: Oh minha linda, estou praticando o Ócio Criativo do nosso querido Domenico De Mazi. Mas gritos internos a parte e respostas para mim, o grande mote é que precisamos reencontrar a chave do desliga pois de repente alguém lá de cima vem e coloca o “off” antes do seu prazo de validade pois o corpo cansa e a mente quer é descanso. Enquanto isso não acontece corri para escrever para o blog para não perder o fio da meada. (rsrsrsr)

Agora cabe uma pergunta: Em que grau de desligamento você está neste momento da sua vida e no mundo contemporâneo?

Beijos


Luciana Corrêa by Vitrine Mulher

Postado por Luciana Corrêa      2 pessoas comentaram essa postagem

2 comentários

Comente essa postagem!

Todos os campos são obrigatórios
Postagens Anteriores


Factos - Promoção, Marketing e Eventos Ltda - C.N.P.J. : 02.924.796/0001-02
Rua Ernesto de Paula Santos, 1368 Salas 603/604, Boa Viagem , Recife-PE CEP: 51.021-330
Vitrine Mulher - © Copyright e Produção: Luciana Corrêa Ι Todos os direitos reservados

Ser Digital