Blog Vitrine Mulher
Blog 27/09/2012Categoria(s):   Comportamento e reflexões  

Calma e elegância.

Tem pessoas que cruzam as nossas vidas e numa conversa despretensiosa e ritmada nos apresentam textos e conteúdos que levam a reflexão dos nossos próprios comportamentos ou mesmo postura que é sabida, mas nem sempre seguida. E nesta linha tive ontem uma agradável conversa conduzida aos ensinamentos que esta pessoa teve a oportunidade de aprender com seu chefe no início da sua carreira sobre a conduta que devemos ter sempre na vida; CALMA E ELEGANCIA seja em qual for a seara. Contou sobre um fato especial que teve a oportunidade de vivenciar e aprender. Fiquei refletindo como conduzimos nosso cotidiano que nem sempre é alinhado com estas duas palavras. CALMA! Quão difícil tem sido sentir isto, que mais que sentimento é um estado de espirito. Ë ser e não ter calma. Faz parte da essência do individuo e os que não nascem com esta qualidade, vivem a eterna busca deste equilíbrio e tentativa de exercer a mesma durante a longa estrada da vida em que vamos caminhar. ELEGANCIA! Uma conduta que se percebe no falar, andar, vestir e acima de tudo, na sutileza do olhar, expressar, conduzir.

Questionei para mim mesma quantas vezes consegui aliar estes dois comportamentos, principalmente nos momentos mais conturbados e estressantes, quando as pessoas que estão em nossa voltam nos destratam, desrespeitam, exigem direitos que na realidade não cabe na situação. Porque aplicar nos momentos de leveza social, de comemoração é muito fácil. Porém quando estamos sendo agredidos é neste momento que vem o grande teste.

Se olharmos a nossa volta, o que vemos? Rostos transtornados, pessoas agitadas, trânsito caótico. Mas se colocarmos uma lente de aumento, veremos também pessoas andando com calma, olhando o outro com doçura, lendo um livro, curtindo um café, andando de bike, tomando uma água de coco, abraçando seus entes com carinho. Na realidade o que vemos é que projetamos naquele momento do nosso estado de espirito. E nesta prática do olhar, do exercer nosso cotidiano porque não tentar mudar a freqüência da agitação, do grito do nosso direito e desacelerar, respirar e ter calma e elegância? Se assim fizéssemos com certeza muitos problemas teriam sido evitados, soluções fluiriam com mais freqüência e viveríamos com mais paz e prazer.

Mesmo não desejando, provavelmente terei outros momentos que precisarei exercer a calma e elegância, e será neste momento que irei lembrar desta conversa, respirar fundo, engolir em seco e praticar com toda a minha vontade a resposta usando a CALMA e ELEGÂNCIA. Com o tempo espero colher os frutos deste ensinamento que chegou numa hora de avaliação e validação do que realmente vale à pena ter ao meu lado nesta estrada que já caminho a tanto tempo, colhendo com certeza alguns belos frutos, mas ainda com muito a aprender.

E você acha pertinente este tema? Toca você de alguma forma ou já o pratica na sua convivência com as pessoas?

Luciana Corrêa by Vitrine Mulher

Postado por Luciana Corrêa      Uma pessoa comentou essa postagem

1 comentário

Comente essa postagem!

Todos os campos são obrigatórios
Postagens Anteriores


Factos - Promoção, Marketing e Eventos Ltda - C.N.P.J. : 02.924.796/0001-02
Rua Ernesto de Paula Santos, 1368 Salas 603/604, Boa Viagem , Recife-PE CEP: 51.021-330
Vitrine Mulher - © Copyright e Produção: Luciana Corrêa Ι Todos os direitos reservados

Ser Digital